JACI 2019


Os Jogos

O Jogos Abertos da Comunidade Indígena - JACI é uma promoção do Governo de Rondônia, através da Superintendência da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer - SEJUCEL e tem como objetivo desenvolver o intercâmbio esportivo entre a comunidade indígena do Estado de Rondônia, valorizando o caráter educativo e comunitário e promover o esporte como resultante das atividades desenvolvidas nas aldeias e Etnias.

Tem por objetivos "Democratizar o acesso ao Esporte como forma de inclusão social, contribuindo para a efetivação dos direitos e construção da cidadania às comunidades indígenas rondoniense, considerando suas estruturas sociais, suas práticas religiosas, formas de produção de conhecimento e atividades econômicas e Promover o esporte sócio e esportivo como identidade das culturas autóctones, voltado à promoção da cidadania indígena, à integração e aos valores tradicionais. As etnias devem ganhar destaque espontâneo da mídia estadual e nacional, a exemplo de outros estados."

A implantação dos Jogos Abertos das Comunidades Indigenas de Rondônia esta em consonância com a Lei nº 6.001/73 conhecida como Estatuto do Índio e artigo 3º da Lei Complementar nº 775, de 02/06/2014. A proposta de um evento esportivo destinado aos Povos Indígenas do Estado de Rondônia preceitua o Art. 231, Capítulo VIII da Constituição Federal:

“São reconhecidos aos índios sua organização social, costumes, línguas, crenças e tradições”, em consonância com a Lei 6.001 de 19 de dezembro de 1973, no seu Art. 47. “É assegurado o respeito ao patrimônio cultural das comunidades indígenas, seus valores artísticos e meios de expressão”.

Art. 217, inciso IV, da Constituição Federal do Brasil, que se traduz na “proteção e o incentivo às manifestações desportivas de criação nacional” e ainda o Art. 31, Declaração da ONU sobre os Direitos dos Povos Indígenas, do ano de 2007:

“Os povos indígenas têm o direito a manter, controlar, proteger e desenvolver seu patrimônio cultural, seus conhecimentos tradicionais, suas expressões culturais tradicionais, esportes e os jogos tradicionais e as artes visuais e interpretativas”

Têm por finalidade fomentar a cultura de paz e incentivar, valorizar e fortalecer a prática de esportes tradicionais. Nas competições, prevalece a comemoração, pois o evento traz o lema:

"O IMPORTANTE NÃO É COMPETIR, MAS SIM CELEBRAR".

Finalidades dos Jogos

I - celebrar a cultura e integrar os povos indígenas;

II - propiciar à comunidade indígena a divulgação, autônoma e democrática, de suas manifestações esportivas e tradicionais;

III - fomentar as atividades de criação, formação, promoção, difusão, produção, divulgação e circulação de bens, serviços e expressões artísticas e culturais brasileiras; e

IV - interagir com as demais áreas afins que contribuem na proteção dos povos indígenas com ações sociais, de saúde e de meio ambiente.

As Modalidades

 Arco e Flecha

Masculino

Feminino

 Arremesso da Lança

Masculino

Feminino

 Cabo de Força

Masculino

Feminino

 Canoagem

Masculino

Feminino

 Corrida de 100 metros

Masculino

Feminino

 Corrida de 5.000 metros

Masculino

Feminino

 Futebol

Masculino

Feminino

 Corrida do Tora

Masculino

Feminino

 Natação

Masculino

Feminino

 Voleibol

Misto

 

AS REGIÕES